Diego Santos visita obras do Centro Pan-Americano de Judô

Diego Santos e outros judocas baianos, visitaram pela primeira vez as obras de construção do Centro Pan-Americano de Judô, que o Governo do Estado está realizando por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com o Ministério do Esporte, a Confederação Pan-Americana de Judô e a prefeitura de Lauro de Freitas, na Praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas.
Convidados pelo secretário estadual do Trabalho e Esporte, Nilton Vasconcelos, eles formaram uma comitiva para visitar o equipamento na manhã desta quinta-feira (12). Também estavam presentes o Coordenador Estadual de Esportes, Marcos Pimentel; o vice-presidente da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Marcelo França, assessores e alguns membros do Conselho Estadual do Esporte e Lazer.
Obras avançadas – Segundo o secretário Nilton Vasconcelos, o equipamento será um dos primeiros a estar concluído para as competições de 2016. “Os três prédios que compõem o Centro estão com obras avançadas no cronograma, o que nos garante uma conclusão em abril de 2014. Confesso que a cada visita fico surpreso com o andamento da obra que está muito adiantada em relação ao cronograma estabelecido. Outra alegria foi termos a visita dos atletas Diego, Vitória e Vinicius, que serão alguns dos principais beneficiários deste investimento”, justificou.
O baiano de Jequié, atleta Oi/Sogipa e representante da Seleção Brasileira de Judô Diego Santos, vive a expectativa de treinar em 2014 com seus companheiros de equipe nas novas instalações esportivas da Bahia.
O vice-presidente da CBJ, Marcelo França, emocionado com o ritmo dos trabalhos afirmou: “Sinceramente, eu nunca vi uma obra tão rápida e com todos os cuidados técnicos exigidos. Sinto-me orgulhoso como baiano pela concretização deste projeto, que visa transformar o futuro desse esporte olímpico na Bahia”. Membro do Conselho Estadual de Esporte e Lazer da Bahia, Alfredo Vasconcelos, saiu do canteiro de obras com a certeza de que o novo equipamento esportivo será um marco do esporte amador baiano. “Tenho muitas esperanças de que a iniciativa privada se inspire neste modelo de ação para fazer investimentos no esporte amador da Bahia”.
Canteiro de obras – Localizado defronte à praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas, o Centro Pan-Americano do Judô (CPJ) tem 20 mil metros quadrados à disposição dos atletas, sendo mais de 13 mil em construções dos três prédios (Administrativo, Ginásio e Alojamentos)”, conforme informações dos engenheiros Raimundo Freitas e Fernando Meneguello (Construtora Damiani).
O ginásio climatizado terá oito (8) áreas oficiais com quatro tatames e capacidade para receber 1.900 pessoas bem confortáveis. Os alojamentos terão 20 suítes duplas e sete triplas para atletas, com salão de estar e sala de jogos; 18 suítes e 10 apartamentos para dirigentes. O auditório poderá receber 200 pessoas. Haverá, ainda, um centro de preparação e recuperação física de atletas e outro de capacitação profissional; sala vip e estrutura administrativa contendo um restaurante e um museu, além de uma quadra poliesportiva, piscina de relaxamento e uma pista de corrida.

Cometários

cometários